Intuito foi capacitar a equipe de brigadista para desenvolver as ações necessárias em caso de intercorrência na unidade

A preocupação com a segurança é constante na Policlínica Estadual da Região do São Patrício – Goianésia, em consequência disso, a unidade realizou no dia 10 de maio um treinamento de brigada de incêndio para os seus colaboradores. A capacitação foi conduzida pelo cabo do Corpo Bombeiro Militar Amilton Morais (CBMGO).

Os colaboradores receberam treinamentos em primeiros socorros, noções básicas sobre formas de propagação de incêndio, tipos e uso de extintores, tipos de combustível e cuidados gerais no momento do fogo. A aula, além de teórica, também foi prática, o que garante que o colaborador saiba o peso do extintor, o calor, o acionamento correto do gatilho da unidade extintora e as corretas decisões a serem tomadas, em caso de emergência.

“Ao se deparar com acidente é importante manter a calma e ligar para o serviço de Emergência SAMUL (192), Bombeiro (193) ou Polícia Militar (190). O primeiro passo é desobstruir as vias aéreas da vítima para respirar melhor, observar a respiração e conferir sinais vitais. Se perceber que a vítima não respira e não tem pulso é necessário iniciar a massagem cardíaca até a chegada do serviço de urgência. Sempre se preocupar em primeiro lugar com a sua própria segurança e não agir no impulso”, explicou o bombeiro.

Morais destacou a forma correta de realizar massagem cardíaca (Ressuscitação Cardiopulmonar), tanto em adultos quanto em crianças. Ele orientou ainda como proceder em caso de desmaio, convulsão e ataque epilético. De acordo com o militar, em caso de acidente de moto, o capacete deve ser retirado de forma correta, ou seja, seguindo o passo a passo do procedimento.

Segundo o técnico de segurança Lucas Andrade Silva, o treinamento ajuda a garantir que todos saibam o que fazer quando há propagação de fogo, em ambiente hospitalar. “Com a capacitação conseguimos garantir a segurança de pacientes e colegas de trabalho, além de manter a tranquilidade para a condução de eventualidades, de forma eficiente” concluiu.

Ajustar fonte