Medida simples desempenha um importante papel na prevenção de doenças infecciosas

Em alusão ao Dia Mundial da Lavagem das Mãos, a Policlínica Estadual da Região São Patrício – Goianésia promoveu uma atividade para incentivar e conscientizar o público interno da unidade sobre a higienização das mãos na técnica correta.

As enfermeiras Nayara Lorrane e Talita Utim Toledo promoveram a prática de higienização das mãos de forma lúdica, com tinta guache, dentro de uma caixa preta, para que os colaboradores pudessem realizar a higienização das mãos sem ver. Elas enfatizaram a importância de higienizar as mãos na técnica correta, para evitar infecção relacionada à assistência à saúde, e para garantir aos usuários uma assistência de qualidade e com segurança.

Segundo Talita, a higiene das mãos (com preparação alcoólica 70% ou sabonete líquido e água) é uma das ações mais eficazes para redução da transmissão de microrganismos causadores de doenças infecciosas. Assim, tanto os profissionais de saúde quanto a comunidade, por meio de uma medida simples como esta, podem desempenhar um importante papel na prevenção destas infecções.

Nayara Lorrane destacou que a adequada higienização das mãos deve ocorrer em cinco momentos: antes de tocar o paciente; antes da realização de procedimento limpo/asséptico; após o risco de exposição a fluidos corporais ou excreções; após tocar o paciente e após tocar superfícies próximas ao paciente.

Ajustar fonte