Doença tem como principais causas, a obesidade, histórico familiar, estresse e envelhecimento

A Policlínica Estadual da Região São Patrício-Goianésia realizou nesta terça-feira, 17, uma ação de conscientização dos usuários da instituição sobre Hipertensão Arterial. De acordo com o nutricionista Natalio dos Santos, a hipertensão arterial (pressão alta) tem como principais causas, a obesidade, histórico familiar, estresse e envelhecimento. “O sobrepeso e a obesidade podem acelerar em até 10 anos o aparecimento da doença. O consumo exagerado de sal, associado a hábitos alimentares não adequados também colaboram para o surgimento da hipertensão”, explicou.

A hipertensão arterial geralmente é silenciosa, sendo importante medir regularmente a pressão arterial, e outras podem apresentar sintomas, como: tontura, falta de ar, palpitações, zumbidos no ouvido, dor de cabeça frequente e alteração na visão podem ser os sinais de alerta.

O nutricionista ressalta que as medidas de prevenção e controle são: manter o peso adequado, se necessário, mudando hábitos alimentares; não abusar do sal, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos; praticar atividade física regular; aproveitar momentos de lazer; abandonar o fumo; moderar o consumo de álcool; evitar alimentos gordurosos e controlar o diabetes.

Ajustar fonte