Equipe de enfermagem da hemodiálise foi capacitada para um acolhimento de qualidade

A Policlínica Estadual da Região do São Patrício-  Goianésia realizou nesta quarta-feira, 13, um  treinamento para os colaboradores da equipe de enfermagem, do setor de hemodiálise,  baseado no Procedimento Operacional Padrão – POP, referente ao acolhimento dos pacientes.  Os participantes foram recebidos pela enfermeira Fabiana, que  apresentou todos os passos para a realização de um acolhimento de qualidade.

Durante o treinamento, a profissional  desenhou todo o fluxo de acolhimento, desde a recepção do paciente na descida do ônibus da Policlínica,  atendimento na recepção da hemodiálise até o  acolhimento da enfermagem, no momento de iniciar a sessão.

Fabiana reforça sobre a higienização das mãos. “A técnica correta é de extrema importância para mitigar o risco de infecção relacionada à assistência à saúde”, disse.

Durante o treinamento, a enfermeira reuniu os recursos necessários para a realização de um acolhimento efetivo, e demonstrou fisicamente o nome de cada aparelho, bem como o passo a passo da realização das avaliações funcionais e vitais nos usuários.

De acordo com Ministério da Saúde, acolhimento é uma diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH), que não tem local nem hora certa para acontecer, nem um profissional específico para fazê-lo: faz parte de todos os encontros do serviço de saúde. “O acolhimento é uma postura ética que implica na escuta do usuário em suas queixas, no reconhecimento do seu protagonismo no processo de saúde e adoecimento, e na responsabilização pela resolução, com ativação de redes de compartilhamento de saberes”, afirmou Fabiana.

A profissional destaca   que acolher é um compromisso de resposta às necessidades dos cidadãos que procuram os serviços de saúde”, concluiu.

Ajustar fonte